Blog »

Descoberta

Doença no coração teria influenciado composições de Beethoven

 

Ritmo irregular dos batimentos causados pela arritmia cardíaca apareceria nos tons de peças do compositor alemão

 

 

Um dos maiores pianistas da História, o compositor alemão Ludwig van Beethoven deixava transparecer os ritmos oriundos de sua arritmia cardíaca em suas composições. Foi o que constatou uma pesquisa publicada na revista “Perspectives in Biology and Medicine”.

Segundo os pesquisadores, Beethoven teria desenvolvido uma sensibilidade superior aos demais compositores de sua época. Algumas deficiências de saúde do compositor, incluindo a sua surdez progressiva, são objetos de estudos de cientistas de todo o mundo.

Os autores do novo estudo reavivaram a hipótese de que Beethoven sofria de arritmia cardíaca. A doença faz com que os batimentos do coração sejam muito rápidos, muito lentos, ou obedeçam a um ritmo irregular. Como ferramenta de estudo, os pesquisadores observaram as composições do músico, notando os padrões rítmicos por ele adotados.

Na pesquisa, os estudiosos descobriram que repentinas mudanças e a tonalidade na música de Beethoven parecem corresponder aos padrões assimétricos da arritmia cardíaca. No último movimento do Quarteto de Cordas de Beethoven em B bemol maior, Opus 130, por exemplo, o tom muda de repente para C bemol maior. O ritmo desequilibrado evoca uma falta de ar, o que pode estar associado à arritmia.

Instruções de Beethoven para músicos que desejavam tocar suas peças incluem a palavra “beklemmt”, que em alemão significa “peso de coração”. A expressão também possui outras conotações, como a sensação de estar preso ou espremido, algo sentido por pacientes que sofrem de arritmia, afirmam os pesquisadores.

Com informações de O Globo.

Tags: ,,,,

27/01 /2015 às 09:09

Enviar um comentário

Newsletter

Diretor Técnico Médico Benjamim Pessoa Vale CRM- PI 1916 RQE 347 Rua Bartolomeu Vasconcelos
Nº 2440 • Ilhotas • Teresina-PI 64015-030 • (86) 3194-6950 institutodeneurociencias@hotmail.com