Blog »

Rouquidão é sintoma mais comum de problemas com a voz

 

 

Socorro Valle

 

Pesquisas apontam que pelo menos 25% da população economicamente ativa do Brasil utilizam a voz como instrumento de trabalho. Professores e cantores são os exemplos mais comuns. Os especialistas que tratam da saúde da voz lembram que, nestes casos, os cuidados devem ser redobrados e a rouquidão constante é o alerta para a busca de ajuda profissional.

A voz é o som produzido na laringe pela vibração das pregas vocais e é utilizado como meio de comunicação desde o nascimento, seja através do choro, do riso ou mesmo da fala. Professores, cantores, atendentes de telemarketing e recepcionista são apenas alguns exemplos de carreiras onde a saúde da voz é essencial. A fonoaudióloga Socorro Vale lembra que esses profissionais precisam implementar em suas rotinas cuidados básicos com a saúde da voz.

“É preciso manter as cordas vocais sempre hidratadas e o melhor meio para isso é bebendo um copo d’ água pelo menos a cada hora. Outra dica é definir intervalos ao longo do expediente e ficar em silêncio neste período, para o repouso do sistema fonológico”, explica Socorro Vale.

A fonoaudióloga afirma que a rouquidão, dificuldades para engolir e ardência na garganta são os sinais mais comuns de problemas ou de mau uso da voz. “Há casos onde, pela manhã, a voz da pessoa está normal. Mas, com o uso constante e sem cuidado, à noite há sinais de rouquidão”, complementa a fonoaudióloga.

Segundo ela, o problema mais comum é o surgimento de nódulos nas cordas vocais, causados pela falta de hidratação, o uso excessivo e falta de preparo vocal. Trata-se de uma disfonia funcional, que altera a voz, e pode ser detectada por meio de exames prescritos por um otorrinolaringologista. Caso o diagnóstico seja confirmado, o paciente é encaminhado para o tratamento em sessões de fonoaudiologia.

“É feita uma avaliação do caso e na terapia trabalhamos a respiração, a boa articulação das palavras e exercícios para eliminar ou amenizar os problemas, devolvendo a qualidade vocal ao paciente”, reforça Socorro Vale.

Além de água e sucos naturais, alimentos como a maçã e mel são aliados quando o assunto é a saúde da voz. “A maçã é adstringente, limpa o trato oral e a região da faringe”, complementa Socorro Vale.

Já o fumo e o uso de bebidas alcoólicas são prejudiciais, assim como o uso das famosas pastilhas de gengibre. “O uso das pastilhas pode mascarar problemas vocais, como o nódulo e até mesmo um câncer”, finaliza a fonoaudióloga. Segundo ela, em caso de rouquidão persistente e sem melhora, é preciso buscar ajuda médica.

 

Fonte: Jornal Meio Norte

Tags: ,,,,,,

12/05 /2014 às 10:33

Enviar um comentário

Newsletter

Diretor Técnico Médico Benjamim Pessoa Vale CRM- PI 1916 RQE 347 Rua Bartolomeu Vasconcelos
Nº 2440 • Ilhotas • Teresina-PI 64015-030 • (86) 3194-6950 institutodeneurociencias@hotmail.com